Not support Recaptcha
Pular navegação

Preparação

Tipos de inteligência. Quais são e como treiná-las

29 de novembro de 2022

Tags

  • dicas
  • métodos de estudo

Sabia que existem 9 tipos de inteligência e que elas podem ajudar no vestibular? Descubra agora.

Tipos de Inteligência

Há tempos a inteligência era considerada algo inato, ou seja, os estudiosos diziam que as pessoas nasciam com certo grau de inteligência, o que evidenciaria se uma pessoa teria sucesso nos estudos, na escola, no vestibular e no trabalho. É o famoso QI, Quociente Intelectual, criado por volta dos anos 1900.

Outras escolas psicanalíticas posteriores já afirmam que a inteligência é desenvolvida por meio das experiências que a gente vive, levando em consideração nossos pensamentos, nossa memória e o aprendizado que adquirimos durante a vida.

As pesquisas e reflexões sobre a inteligência sempre foram complexas e, por isso, estão em constante evolução. Uma delas foi desenvolvida pelo psicólogo cognitivo e educacional Howard Gardner, que categorizou 9 tipos de inteligência. Deixou os padrões de lado, defendendo a ideia de que a inteligência não pode ser medida e que se manifesta de forma prática.

E por que é legal você saber disso? Porque, para Gardner, a inteligência “implica na capacidade de resolver problemas ou elaborar produtos que são importantes num determinado ambiente ou comunidade cultural. A capacidade de resolver problemas permite à pessoa abordar uma situação em que um objetivo deve ser atingido e localizar a solução adequada para esse objetivo.”

E não é exatamente isso o que fazemos no vestibular? Resolver problemas? Por isso, vamos conversar um pouco sobre as inteligências múltiplas e como você pode o máximo do seu potencial, tanto nos estudos para o vestibular como na sua carreira.

Os 9 tipos de inteligência

A ideia de inteligência múltipla parte da capacidade que todos nós temos para processar informações que são ativadas no ambiente em que vivemos e como nossas habilidades são desenvolvidas e utilizadas para resolver os problemas que essas informações nos propõem.

Os 9 tipos de inteligência são:

  • Inteligência lógico-matemática
  • Inteligência linguística
  • Inteligência naturalista
  • Inteligência interpessoal
  • Inteligência intrapessoal
  • Inteligência espacial
  • Inteligência corporal-cinestésica
  • Inteligência musical
  • Inteligência existencialista

Inteligência lógico-matemática

É a nossa capacidade de raciocinar que permite resolver problemas com rapidez. Ela não está apenas associada ao raciocínio lógico e à facilidade para resolver problemas matemáticos, mas, também, para compreender e formular esquemas sobre modelos que são apresentados socialmente. É o tipo de inteligência que facilita cálculos mentais e exemplos práticos de raciocínio. No vestibular, é fundamental para resoluções das questões dá área de exatas, por exemplo.

Inteligência linguística

Está relacionada à nossa capacidade de desenvolver pensamentos e ideias com a linguagem falada ou escrita. Quando desenvolvemos essa inteligência, conquistamos a capacidade de contar as experiências vividas com clareza e o grau de complexidade necessário. É importantíssima para a interpretação de textos dos enunciados e para o desenvolvimento de uma excelente redação.

Inteligência naturalista

É desenvolvida por meio na interação e vivência com a natureza. Uma pessoa com essa inteligência bem trabalhada tem a capacidade de classificar os elementos naturais, como vegetais, minerais, animais etc. É um tipo de inteligência muito importante para provas de biológicas.

Inteligência interpessoal

É a capacidade de nos relacionarmos com o outro, de entender as pessoas com as quais temos contato. Desenvolve relações de empatia, solidariedade e respeito, ou seja, habilidades socioemocionais necessárias para a vida coletiva em sociedade. Você já pode observar essa inteligência na forma como se relaciona com professores, colegas, família, amigos etc. A própria sala de aula do Poliedro, com seus estímulos focados do desenvolvimento do aluno, é um ambiente onde essa inteligência é muito desenvolvida.

Inteligência intrapessoal

Esta é a forma de inteligência mais particular, pois está diretamente ligada com o autoconhecimento, com nossa percepção de indivíduos, nossa capacidade de fazer planos e ter sonhos, além da consciência que temos para interferir e modificar as nossas condutas. É o tipo de inteligência que faz com que priorizemos a disciplina para o estudo para o vestibular e a escolha dos momentos certos para relaxar de acordo com nossas prioridades.

Inteligência espacial

Está relacionada à nossa capacidade de criar modelos do nosso ambiente físico, perceber semelhanças nas formas espaciais e relacioná-las entre si e com o contexto. É a inteligência que permite ter a consciência do nosso lugar no ambiente, encontrar direções e lembrar de imagens. Por isso, pode ser muito utilizada em perguntas sobre geografia e história, como facilitadora da memorização de conteúdos relacionados a esses temas, principalmente se o estudo tiver elementos visuais.

Inteligência corporal-cinestésica

É a inteligência física, muito conectada à memória corporal e à coordenação motora. Muito utilizada para resolver problemas físicos, é importante para despertar um estado de percepção do nosso corpo ao enfrentar um desafio. Por exemplo, educando o corpo para uma postura que favoreça melhor estabilidade para estudar e fazer as provas do vestibular.

Inteligência musical

A inteligência que permite se expressar através dos sons, relacionando-os com o meio em que se vive, com os sentimentos, elementos visuais e sensações. Além de facilitar o reconhecimento de sons e desenvolver habilidades para tocar instrumentos, é ativada quando utilizamos recursos musicais como mecanismos para memorização dos estudos, por exemplo.

Inteligência existencialista

É e a que nos permite refletir sobre nossa existência ao fazer perguntas como Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos? Essa inteligência nos faz pensar sobre os objetivos e os motivos pelos quais fazemos as coisas, como uma alavanca para encontrar propósitos para nossas ações, inclusive a escolha do vestibular que vamos fazer.

 

Jornada da Aprovação do Poliedro - Aulões gratuitos da Unicamp, Enem e Fuvest

 

Como potencializar as inteligências múltiplas para o vestibular?

É por meio das experiências que os 9 tipos de inteligência são exercitados. Como um músculo que se fortalece a cada treino na academia, as inteligências vão se aperfeiçoando com a mesma lógica de constância nos treinamentos.

A inteligência lógico-matemática pode ser trabalhada com os próprios exercícios dos materiais didáticos do Poliedro; a inteligência linguística, com as leituras da bibliografia para os vestibulares e o treinamento para redações; a naturalista, por meio da vivência das matérias de biológicas em ambientes naturais, como um passeio ao zoológico associado ao estudo. Já as inteligências inter e intrapessoais são estimuladas com o convívio e troca de ideias com colegas e professores do Poliedro (que estão sempre prontos para ajudar). A inteligência espacial e corporal-cinestésica podem ser vivenciadas nos locais e na forma como você estuda, procurando locais adequados para o estudo e trabalhando o corpo para condicionar uma postura que estimule o foco na prova. A inteligência musical pode ser estimulada como recurso mnemônico para decorar fórmulas, regras gramaticais e outros conteúdos que não precisam de raciocínio lógico. A existencialista, reservando um momento em meio aos estudos para refletir sofre seus objetivos e seu propósito para fazer o vestibular, o que vai aumentar a motivação e o foco nos estudos.

Poliedro sempre perto

Como são as experiências que ajudam a desenvolver as inteligências múltiplas para resolver os desafios, nada melhor do que contar com um ambiente estimulante, aliado e com todo o suporte que o aluno precisa para alcançar o seu lugar nos melhores e mais concorridos vestibulares.

Conheça mais sobre nossa metodologia aqui.

Siga o Poliedro Curso
nas redes sociais.

O que podemos fazer
pelo seu futuro?

Notícias relacionadas

Assine nossa newsletter