Notícias

5 dicas para se preparar para o Enem



Muitos estudantes já estão em rotina de preparação para o próximo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que neste ano ocorre nos dias 3 e 11 de novembro. O primeiro domingo terá questões de múltipla escolha relacionadas a Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias e a Redação. Já no outro domingo a prova irá cobrar Matemática e Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

Diferentemente dos vestibulares tradicionais, a nota final nas provas objetivas do Enem não é obtida apenas pela quantidade total de acertos. Essa média leva em conta o nível de dificuldade de cada questão, utilizando o método TRI (Teoria da Resposta ao Item), que valoriza mais as questões mais fáceis do que as com nível de dificuldade elevado.

Com o objetivo de auxiliar os estudantes a se preparar para essa importante prova, Vinicius de Carvalho Haidar, coordenador do Curso Poliedro, preparou uma lista com cinco dicas importantes para os candidatos colocarem em prática ao longo do ano de preparação. Afinal, o esforço e a dedicação nos estudos são peças fundamentais para quem quer conquistar um bom desempenho. Confira:

1) Faça simulados

Permanecer horas focado e concentrado na resolução de questões não é uma tarefa simples. Por isso, o treino é essencial. “Ao realizar simulados no estilo Enem, o candidato utiliza uma excelente ferramenta diagnóstica, que auxilia na definição de quais matérias precisam de mais dedicação nos estudos e que o ajuda a se ambientar em dois aspectos importantes: a preparação física/emocional e o bom gerenciamento do tempo de prova”, afirma Haidar.

2) Crie um bom planejamento de estudos

Elabore um planejamento de estudos com metas semanais. Assim fica mais difícil de perder-se ao longo das semanas em meio ao conteúdo denso. Inclua todas as matérias e frentes que precisa estudar para o Enem, priorizando tópicos que mais pesam nesta prova e que você tem mais dificuldade. É preciso ter um domínio sólido dos conteúdos do Ensino Médio para conseguir uma nota satisfatória.

3) Comece pelos exercícios mais simples

Não inicie os estudos pelos exercícios mais complicados, porque é importante construir uma boa base antes de avançar para os problemas mais difíceis. A melhor maneira de estudar é se focar na teoria e na resolução dos exercícios, em nível crescente de dificuldade.

4) Tire suas dúvidas e atualize-se

Embora o Enem tenha uma grande contextualização das questões e alta exigência de raciocínio e compreensão dos enunciados, equivoca-se quem considera que é possível obter um ótimo desempenho só por ter uma boa habilidade de interpretação de textos e gráficos.

É preciso assimilar o conteúdo das aulas, prestando atenção e copiando a matéria. Tome cuidado com as distrações, principalmente o celular. Utilize as aulas e a presença do professor para sanar todas as suas dúvidas. “A leitura de jornais, revistas e conteúdo da internet é indispensável para o candidato se preparar e ter conhecimento para a produção da redação do Enem”, aponta o coordenador do Poliedro.

5) Cuide da saúde

De acordo com Vinicius, a saúde física e mental pode afetar diretamente a qualidade dos estudos. Por isso, é preciso dormir bem (entre seis e oito horas diárias) e cuidar da alimentação, sem cometer exageros. Antes das provas procure ingerir alimentos com baixo índice glicêmico, como os alimentos integrais, que irão reduzir o seu apetite durante a realização do exame.